Busca

linhastortass

Vejamos se sou feliz na publicação da minha primeira postagem de lacrar. Nesse exato momento ouvindo

“Best Of Erykah Badu Neo Soul Music Playlist” 

no Youtube, essa mulher é ou era boa, não sei se esta viva. Curtindo um som na madruga de sexta perdido na geografia de sul de minas. Vou postar uma imagem e tudo que  tenho direito pra ver se consigo fazer um post com todas as extensões existentes. Após isso irei deitar e continuarei amanhã esse blog cabuloso que estou criando, com a musicalidade do rap, R&B, trazendo outras perspectivas com diferentes estilos e afins.

A propósito procuro fazer um site de conteúdo interessante e amistoso de abordagem mais sóbria, essa postagem foi só um teste não pretendo transcorrer meus textos com essas caraterísticas.

Post Destacado

Drake e Sprite: apologia velada em um patrocinio.

Bom, muito ligado que sou no rap, principalmente quando se trata de Drizzy a.k.a. Drake/@champagnepapi, notei em uma das musicas (“Draft day”) uma citação em que ele fala sobre seu novo contrato com a sprite, onde ele é o principal garoto propaganda da marca. O verso é insano, como sempre ele destrói. Aqui o trecho para introduzir o assunto e o link da musica logo após:

“Know some Somalis that say we got it wallahi
Get us donuts and coffee,
we’ll wait for him in the lobby

And I gotta tell him chill,
SPRITE got me on payroll
“Let that man live”,
they say “Okay if you say so”!”

Nesse verso ele se faz como o homem da mafia, como um Don Vito Corleone que escolhe quem vive e quem morre através de seus capangas, que o obedecem lealmente. Porem que por estar tendo sua imagem atrelada a de uma grande empresa de peso como a Sprite da Coca-Cola, ele deve se policiar e se portar de uma nova maneira, que não um gangster. Não que ele fosse, mas faz parte do storytelling do RAP GAME.

Drake chegou até a fazer um comercial byzance para a Sprite, onde ele ao tomar o refri se abre como um robôzao onde a musica entra dentro dele através dos goles, loucura total. se liga no video:

bizarro né?

A pergunta é, porque a Sprite teria um rapper como garoto propaganda?

A resposta é simples e intrigante. No cenario do RAP norte americano há uma droga não tao famosa no brasil chamada LEAN ou SIZZURP, PURPLE/DIRTY SPRITE, DOUBLE CUP, DRANK, entre outros nomes. Na qual faz se uso desse refrigerante de limão, e nada melhor do que ter the “biggest in the game of the new school rap”. A mistura consiste de refri de limão (usualmente Sprite, por isso a propaganda), Xarope de tosse e balas de açucar (jollyranch). No caso oque da o efeito da droga é o Xarope que é vendido sobre prescrição médica por conter codeina e prometazina. Substancias que agem diretamente no sistema nervoso. A sprite e a bala seriam usadas para disfarçar o gosto ruim do remédio.

 

bem convidativa né? porem rappers como lil wayne ja foram internados e quase morreram por conta de alta concentração no sangue, na realidade houveram rappers como PIMP C, DJ SCREW, que morreram de overdose da droga

Outra musica em que o rapper escreve explicitamente sobre Lean seria na musica “Miss me” em que o ele canta:

Yeah, I’m in the city of the PURPLE SPRITE.

Someone tell Maliah I’m on fire,

she should work tonight.”

fazendo menção a droga que é tomada na cidade em que ele esta se apresentando, provavelmente Houston ou “H-town” como foi apelidada pela cultura urbana.

Na realiade ha diversas meções, acabo de me lembrar de outra da musica “marvins room” em que ele canta “Sprite in that mixture, I’ve been talking crazy, girl” vale a pena conferir, essa canção ja revela um lado mais sentimental do cantor que muitas vezes é zombado (“drake: the type of ni**”).

É isso espero ter trazido algo novo e interessante desse universo que é o rap.

Tenacious D, videogames e junkfood

Após a vinda de Jack Black para o Brasil, me lembrei dos meus tempos de “pre-adolescência” (em torno de 2006/2007) em que ia direto na casa do meu amigo jogar GuitarHero2, halo3, BF bad co., comer lixo e assistir filmes que iam de “Fightclub”,”Tenacious D: and the pick of destiny” até “high school musical” (isso mesmo, e até hoje acho daora).

Era muito louco pois ele morava no CTA(centro técnico aeroespacial, uma base militar brasileira criada nos anos 40 no meio de Sjc), e por dentro lá é como uma mini-cidade. havia super mercado, cabeleireiro, cinema, restaurantes, clube, porem muitos desses espaços fechados, como se os tempos áureos do local estivessem perdidos em outrora. Mesmo assim pirava no espaço verde que havia la dentro e a calma provida pelo vento graças existente a grande área e pouco numero de pessoas.

Entrada_do_DCTA_-_São_José_dos_Campos_-_Brasil.jpg

A tarde íamos no supermercado local de bike, parávamos elas do lado de fora entravamos e nos vinham ideias as brilhantes como a de comprar energético para virar a noite jogando videogame, acompanhado de muito salgadinho (as vezes salame) e doces variados, era animal. Após isso com todo o suprimento necessário partíamos para a goma. Numa nova onda de rock graças ao jogo guitar-hero que trazia musicas antigas a tona, meu amigo pensava realmente que poderia ser o próximo Jimmy Hendrix. Tinha até pego uma Gibson emprestada de um coitado que emprestou pra ele treinar poses ja que os dedilhado eram embaçados, e ainda fazia questão de falar que era uma Gibson,  mesmo eu não manjando nada de marcas famosas de guitarra. Eu estava la pela jogatina virtual: guerras sangrentas e batalhas de bandas. Virávamos noites de ferias naquela vizinhança calma e verde, com guerras incessantes de X1 no Halo3, e modo cooperativo no guitar.

Essa tarde me veio a letra da musica mais louca do filme Tenacious D: kickapoo, em particular a parte em que Jack criança fala com seu deus do Rock: DIO, ex vocalista do black sabbath hoje falecido. resolvi escrever sobre essas boas lembranças que vieram e alias ficaram maiores do que pretendia. Vou posta-la aqui tentando envolver todo universo criado por nós na época. Fato é que eramos facilmente manipulados por filmes tal como esse de rock que junto aos jogos nos faziam viajar pra um mundo dos anos 70/80, rebelde e cheio de som em que nos eramos protagonistas. Assim como foi quando assistimos Clube da Luta, e de repente íamos de bike na frente da igreja do CTA tentar brigar, miseravelmente. O mais engraçado é que uma vez suas duas irmãs mais novas na época foram conosco e participaram. Brigaram entre si, até que uma quebrou o V3 rosa. Na época caguei pra tudo, foi MUITO engraçado, mas hoje acredito que talvez seu pai tenha ponderado sobre a saúde da nossa amizade, na hora do jantar em que foi tudo explicado, regado a pizza s2.

longas historias, vou parar por aqui. Núi Rafa!

 

dio

 

“Dio can you hear me?
I am lost and so alone
I’m askin’ for your guidance
Won’t you come down from your throne?
I need a tight compadre who will teach me how to rock
My father thinks you’re evil
But man, he can suck a cock (MELHOR PARTE)
Rock is not The Devil’s work
It’s magical and rad
I’ll never rock as long as I am stuck here with my dad

I hear you brave young Jaybles
You are hungry for the rock
But to learn the ancient method
Sacred doors you must unlock
Escape your father’s clutches
And this oppressive neighborhood
On a journey you must go
To find the land of Hollywood!
In The City of Fallen Angels(MUITO BOA TB, sou retardado mental)
Where the ocean meets the sand
You will form a strong alliance
And the world’s most awesome band
To find your fame and fortune
Through the valley you must walk
You will face your inner demons
Now go my son and rock!”

 

Blog no WordPress.com.

Acima ↑